Sexta-feira
21 de Janeiro de 2022 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Cejusc de Mairiporã realiza primeira Oficina de Parentalidade da comarca em ambiente virtual

Encontros auxiliam famílias em reestruturação. O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) de Mairiporã promoveu, na última terça-feira (30), a primeira Oficina de Parentalidade ou Oficina de Pais em ambiente virtual. O intuito do encontro é oferecer um direcionamento às famílias que enfrentam a fase de reestruturação familiar, motivada pela ruptura do laço conjugal dos pais. O evento ocorreu sob a coordenação da juíza Daniela Aoki de Andrade Maria Orlandi e com a colaboração dos expositores especialistas voluntários Adriana Nobis Molinari (pedagoga), Angela Grijó (advogada e assistente social), Bruno Yoshio Haras (advogado), Maria Aparecida da Silva Hara (advogada) e Silvana Dias (advogada). Interessados em participar das próximas edições podem entrar em contato com o Cejusc (veja o contato abaixo). Para a magistrada, "as oficinas propiciam um espaço de reflexão ao ente familiar que passou por um rearranjo e visam fornecer instrumentos para que seus componentes passem a efetuar escolhas mais sadias, beneficiando especialmente a prole do casal”. Segundo Daniela Aoki de Andrade Maria Orlandi, a realização por meio virtual “representou uma inovação que permitiu a sua implementação na comarca, trazendo, assim, maior proteção aos direitos das crianças e adolescente da comunidade". Os participantes foram selecionados a partir de processos em andamento ou de casos pré-processuais em trâmite no próprio Cejusc. Um link de acesso foi enviado a eles com antecedência. Com o resultado positivo da primeira oficina, a equipe conta que outras serão agendadas no próximo ano. “Foi um grande desafio iniciar as oficinas diante do advento da pandemia e das limitações de espaço físico no fórum da comarca. Nesse passo, o ambiente virtual possibilitou a concretização desse projeto tão importante para a comunidade e promoveu o amplo acesso aos interessados", falou a servidora do Cejusc de Mairiporã Iraci Soares de Souza. “Os expositores ficaram extremamente felizes com o retorno, uma vez que os participantes absorveram de forma satisfatória o necessário para lidar da melhor forma com a questão pela qual estão passando”, concluiu.     Oficina de Parentalidade – é um programa educacional, preventivo e multidisciplinar, com o intuito de auxiliar na superação de eventuais dificuldades inerentes à fase de separação, sem maiores traumas, sobretudo para os filhos. O público alvo é composto por pais e mães que apresentam algum conflito – jurisdicionalizado ou não – relacionado ao exercício da parentalidade (pórcio, dissolução de união estável, regulamentação ou alteração de guarda, regulamentação ou alteração de sistema de convivência etc.) e os respectivos filhos menores, de seis a dezessete anos de idade. O projeto foi elaborado pela juíza Vanessa Aufiero da Rocha, da 2ª Vara da Família e das Sucessões de São Vicente, e regulamentado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).      Serviço Cejusc de Mairiporã E-mail:  oficinas.mairipora@tjsp.jus.br Telefone: (11) 2928-6953 *O atendimento é feito de forma virtual     imprensatj@tjsp.jus.br   Siga o TJSP nas redes sociais:  www.facebook.com/tjspoficial www.twitter.com/tjspoficial www.youtube.com/tjspoficial www.flickr.com/tjsp_oficial www.instagram.com/tjspoficial
06/12/2021 (00:00)
Visitas no site:  7001880
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.