Quinta-feira
21 de Novembro de 2019 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

TJSP reúne servidores para expansão de recursos de acessibilidade no Office 365

Comissão de acessibilidade promoveu encontros e debates.   O projeto Workshop TJSP 365, com início em maio, buscou oferecer informações aos servidores e magistrados paulistas sobre os recursos do Office 365 e o potencial que o uso das tecnologias que a ferramenta oferece tem de transformar a forma de trabalho, influenciando positivamente na rotina e na produtividade dos usuários. As persas ondas de workshops, que foram pididas em séries, aconteceram nas modalidades presencial e a distância (EAD) nas dez Regiões Administrativas Judiciárias (RAJs). Com encontros preparados para os diferentes perfis de uso, as dicas foram oferecidas de acordo com as atividades desenvolvidas pelos participantes. A partir de encontros com os integrantes da Comissão de Acessibilidade do TJSP, surgiu o projeto Adoção com Acessibilidade TJSP 365, voltado especificamente à expansão dos recursos tecnológicos de acessibilidade e ao empoderamento das equipes de trabalho. Para tanto, foram realizados encontros com grupos de servidores com deficiências com o objetivo de aprofundar o conhecimento e o manuseio das funcionalidades específicas que a ferramenta já dispõe e, também, investigar quais outras poderiam ser desenvolvidas. “Quando pensamos em como executar esses encontros, não poderíamos deixar de convidar os servidores com deficiência e envolvê-los diretamente no projeto. Não dava para trazer uma tecnologia sem entender o modo de trabalho deles e como podemos instruir todos os servidores – com e sem deficiência – sobre como utilizarmos os recursos que o Office 365 traz de maneira realmente eficaz e acessível a todos”, explica a juíza Paula Lopes Gomes, assessora da Presidência na área de Tecnologia, Gestão e Contratos (TGC) e participante da Comissão de Acessibilidade. A magistrada Ana Claudia Dabus Guimarães e Souza de Miguel, também assessora da Presidência (Recursos Humanos) e atuante na Comissão, concorda com a colega. “Essa é uma oportunidade única no nosso Tribunal. Representa uma maior abertura no sentido da inclusão e de podermos construir juntos esses caminhos para a acessibilidade.”   Projeto em ação Em setembro, o projeto saiu do papel para a prática e se iniciou a primeira fase do plano de ação: reuniões com a Comissão para definir as estratégias e metas relativas à acessibilidade. Juízes e representantes da área de Tecnologia do TJSP, equipes da Microsoft (engenheiros de campo, gerentes e consultores) e funcionários com deficiência se reuniram em três ocasiões diferentes. No dia 1º de outubro, vieram os servidores com deficiência física ou motora; no dia seguinte, os com deficiência visual e baixa visão; e no terceiro e último encontro, os que têm deficiência auditiva parcial ou total. Os servidores abriram os sistemas e aplicativos para que os técnicos sentissem os pontos de dificuldade de cada aplicativo e cada deficiência. Também novos desafios foram apresentados. Os servidores com deficiência motora, física e visual, por exemplo, argumentaram que as teclas de atalho são grandes aliadas na rotina de trabalho. Para os que têm deficiência auditiva, a legenda nos programas é essencial. Para os que têm deficiência visual, há mais necessidades de adaptações do que para os demais, então eles aproveitaram a oportunidade para tirar dúvidas e oferecer seus conhecimentos. “Foi muito bom participar desse momento e ter a oportunidade de ser ouvido, de falar do que precisamos e como podemos ajudar”, diz o escrevente André Xavier, que tem má-formação nos membros superiores e trabalha na administração geral do Foro de Itaquera. Para o chefe de seção Alexandre Além de André, o sistema de legenda ativada por meio da fala foi surpreendente. “Se tivermos esta ferramenta nos aplicativos e sistemas no dia a dia, vai ser fantástico. Para mim, vai ajudar até nos exercícios de reaprendizado das palavras que preciso fazer devido ao aparelho auditivo que implantei recentemente.” Já para a estenotipista Angélica Cardoso Gama, que tem deficiência visual, os encontros vão além da garantia de uma rotina de trabalho mais fácil e produtiva. “Para nós, poder fazer coisas simples sem depender de outras pessoas guiando nossa navegação significa plena autonomia.” Ainda outros sete servidores participaram dos encontros: Vinicius de Carvalho Silva, Alexandre Dias da Silva, Danilo Oliveira Freire, Carlos Renato Silva dos Reis, Esmeralda Luana Wonke Scopesi, Marina Alonso Guimarães, Danilo Roberto de Souza e Marina Gouvea Pola Baptista. A líder da empresa FunctionOne (F1), Ligia Rodrigues Pessoa, que atuou como parceria da Microsoft no projeto de adoção de tecnologia acessível, comemorou a conclusão dos encontros. “Nosso trabalho é gerar uma comunicação e conhecimento para todos, porque a acessibilidade é para todos.” A conclusão da série de encontros é que as necessidades são distintas para cada deficiência. Diante de tanta pluralidade, o entendimento pacífico foi que quando a instituição se coloca no lugar do servidor com deficiência o trunfo é da acessibilidade. Nos três workshops a palavra-chave mais usada pelas pessoas – com e sem deficiência – para definir o projeto foi “empatia”.   Próximos passos Com base nos resultados desses primeiros encontros, já foi iniciada a preparação das etapas seguintes, que são: ATIVAÇÃO, workshops para influenciadores e multiplicadores; COMUNICAÇÃO, envio da campanha para todos os servidores via e-mail marketing e outras comunicações; CAPACITAÇÃO, workshops e vídeo-aulas presenciais e EAD; e SUSTENTAÇÃO, criação de grupo no Teams para discussões, trocas de ideias e solução de dúvidas. Em todos os estágios, o foco exclusivo é acessibilidade e inclusão de todos e para todos. Para isso, a participação e o envolvimento de magistrados e servidores do TJSP é fundamental. Envolva-se!   N.R.: texto originalmente publicado no DJE de 16/10/19. imprensatj@tjsp.jus.br
17/10/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.